quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Almoço desesperado

Sentaram-se na mesa mais próxima da janela, a fim de que o ambiente lhes parecesse um tanto agradável, apesar do calor que se fazia sentir.
A menina pediu o cardápio e, com carinho, olhou para o pai:
-Que vai querer?
-Qualquer coisa me satisfaz. Escolhe você.
E assim passaram a discutir sobre os exóticos pratos apresentados no cardápio e o que seria mais estranho consumir. Dessa forma a menina fazia a conversa correr solta, como se nada jamais pudesse perturbar momento tão cotidiano. Escolheram, por fim.
Enquanto esperavam, escutavam o vento passar, observando trivialidades ao redor: a formiga que passava apressada na mesa, a folha que voava livre por entre as pessoas do restaurante, o pé quebrado da cadeira ao lado.
-Como está quente, não pai?
-Sim, está.
-O que tem escutado?
-Não tenho tido tempo para escutar nada além do rádio.
-Que livros tem lido?
-Interrompi uma leitura de Saramago...
-A paisagem dessa janela é tão bonita! Queria ter uma paisagem como essa a ser apreciada da janela do meu quarto...
-E não tens paisagem alguma em tua janela?
-Tenho, a de casas alheias, e só
-Pelo a menos as tem, eu sempre miro o portão inerte ao abrir minha janela.
-Tão inerte como as casas que vejo.
-É, isso é bem verdade
-...
-O almoço está demorando, não, filha? Devo chamar o garçom?
-Pai...
-Sim?
-Estou indo embora!

Carta desesperada
"Como é difícil, como é difícil, Beatriz, escrever uma carta...
Antes escrever os Lusíadas!
Com uma carta pode acontecer
Que qualquer mentira venha ser verdade...
Olha! O melhor é te descrever, simplesmente,
A paisagem
Descrever sem nenhuma imagem, nenhuma...
Cada coisa é ela própria a sua maravilhosa imagem!
Agora mesmo parou de chover.
Não passa ninguém. Apenas
Um gato
Atravessa a rua
Como nos tempos quase imemoriais
Do cinema silencioso...
Sabes, Beatriz? Eu vou morrer!"
(Mario Quintana)

2 comentários:

ccauan disse...

rai, gostei bastante, apesar de ter ficao bastante confuso...
mas gosto de ler textos fodões que eu não tenho capacidade de entender ^^
hueheheheheh
beijOo

UM DIA SEREI EU MESMA disse...

Gracias pela visita.Gosto muito de seus textos. Se tiver interesse dê uma passeada pelo "Em algum lugar do mundo". Ela também escreve com muito sentimento e tem ótimos textos. Até.